Está fechada a contagem. Veja os resultados finais das eleições britânicas

Quem perde e quem ganha no Parlamento britânico? Estão, por fim, contados todos os votos do Reino Unido e atribuídos os 650 assentos da Câmara dos Comuns.

Com 365 lugares no Parlamento britânico, Boris Johnson conquista a maioria absoluta e deixa clara a grande subida do Partido Conservador, que ganha mais 48 deputados em relação às eleições sob a liderança de Theresa May.

Já o Partido Trabalhista regista uma queda vertiginosa, perdendo 42 assentos. Os deputados de Jeremy Corbyn têm agora 203 lugares, o pior resultado desde a II Guerra Mundial.

Entre os partidos mais pequenos registou-se uma subida do Partido Nacionalista Escocês, com mais 13 deputados, bem acima dos 35 conseguidos há dois anos. Agora com 48 deputados dos 59 atribuídos à Escócia, o partido de Nicola Sturgeon alcança assim um dos melhores resultados de sempre para os independentistas escoceses.

Quem não teve a mesma sorte foram os Liberais Democratas de Jo Swinson, que ficam apenas com 11 deputados.

O Partido Unionista Democrático de Arlene Foster passa a ocupar oito lugares, o Sinn Féin fica com 7 lugares e o Plaid Cymru com 4, enquanto os Verdes mantiveram o lugar que tinham na Câmara dos Comuns.

Pior só o partido do Brexit, de Nigel Farage, que não elege ninguém.

A taxa de participação situou-se nos 67,23%, ligeiramente menor do que os 68,7% registados nas anteriores eleições de junho de 2017. O número de eleitores que votaram foi de 31.897.334.

Depois de uma noite marcada pela certeza da vitória de Boris Jonson desde as primeiras horas, Jeremy Corbyn viu-se obrigado a deixar a liderança do Partido Trabalhista. E agora? A pergunta mais vezes repetida nos últimos anos volta a colocar-se depois destas eleições.

Acompanhe aqui ao minuto tudo sobre as eleições no Reino Unido

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de