Estados Unidos da América registam novo máximo de internados por Covid-19

O número de mortos foi também o mais alto desde abril. A Covid-19 matou esta quarta-feira, nos EUA, mais de 2700 pessoas.

Os Estados Unidos atingiram esta quarta-feira um novo máximo de internamentos por Covid-19. Deram entrada nos hospitais perto de 99 mil doentes, o valor mais alto de sempre na História do país e que representa mais do dobro de internamentos registados no início de novembro.

O número de mortos foi também o mais alto desde abril. A Covid-19 matou esta quarta-feira, nos EUA, mais de 2700 pessoas.

Na luta contra a pandemia, três antigos presidentes mostraram-se disponíveis a ser filmados, quando forem vacinados.

Barack Obama foi o primeiro a admitir que as televisões estejam presentes, para dar um sinal de que se deve confiar na vacina.

No mesmo sentido, George W. Bush e Bill Clinton já fizeram saber que também estão dispostos a tornar o ato público, para promover a vacina.

O chefe de gabinete de George W. Bush revela que o antigo presidente falou mesmo com Anthony Fauci, para saber como pode ajudar a convencer os americanos a serem vacinados contra a Covid-19.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de