EUA anunciam mais 100 milhões de dólares em ajuda militar a Kiev

A medida tem como objetivo "atender à urgente necessidade que a Ucrânia tem por mais sistemas antitanque Javelin".

Os Estados Unidos anunciaram na terça-feira que irão enviar ajuda militar adicional à Ucrânia, no valor de 100 milhões de dólares, para combater a invasão russa.

Num comunicado, o porta-voz do Pentágono, John Kirby, disse que a medida é "para atender à urgente necessidade que a Ucrânia tem por mais sistemas antitanque Javelin, que os Estados Unidos já forneceram à Ucrânia e que têm sido usados de forma eficaz para defender o seu país".

A Rússia lançou em 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que matou pelo menos 1.480 civis, incluindo 165 crianças, e feriu 2.195, entre os quais 266 menores, segundo os mais recentes dados da ONU, que alerta para a probabilidade de o número real de vítimas civis ser muito maior.

A guerra já causou um número indeterminado de baixas militares e a fuga de mais de 11 milhões de pessoas, das quais 4,2 milhões para os países vizinhos.

Esta é a pior crise de refugiados na Europa desde a II Guerra Mundial (1939-1945) e as Nações Unidas calculam que cerca de 13 milhões de pessoas necessitam de assistência humanitária.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de