Filas a perder de vista para decidir futuro do Brasil. Em Lisboa, vai ser possível votar até às 20h00

Eleitores brasileiros queixam-se da falta de organização no local de voto em Lisboa.

Em Lisboa, as urnas deviam ter fechado às 17h00, mas há milhares de brasileiros a tentar votar nestas eleições que vão poder fazê-lo até às 20 horas, apurou a TSF junto da organização da eleição. O que dizem as normas estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral brasileiro é de quem estiver na fila até às 17h00 pode exercer o direito de voto.

Ao longo da tarde, muitas foram as críticas à falta de organização. É o caso de Eliane Abdon, que confessa que esperava um nível de organização diferente numa cidade com uma comunidade brasileira tão grande.

"Sinto-me completamente perdida. Não vejo aqui prioridade para idosos. Não vejo aqui organização em relação à fila", queixa-se, ironizando que há melhor organização nos estádios de futebol. "Aqui há pessoas à espera duas horas para votar".

Eliane diz mesmo que os brasileiros em Portugal merecem mais respeito da parte do consulado e da embaixada. "Eu conheço o que é a organização e quando chegamos aqui temos um choque".

A grande afluência às urnas, em Lisboa, onde votam 45 mil brasileiros, tem para Eliane uma explicação: "O mundo está mais consciente do poder do voto e isso se nota aqui hoje". "Tantos brasileiros aqui querendo ter o poder da decisão nas urnas, mas infelizmente, muitos abandonados pelos seus consulados e embaixadas", atira.

Mais de 150 milhões de brasileiros votam na primeira volta das eleições gerais que irão escolher o próximo Presidente do país, os governadores dos 27 estados e centenas de deputados federais e estaduais. Em Portugal, mais de 80 mil brasileiros começaram a votar às 8h00 em Lisboa, no Porto e em Faro, locais onde a segurança foi reforçada.

Além de Lula da Silva e Jair Bolsonaro, concorrem também às presidenciais brasileiras os candidatos Ciro Gomes, Simone Tebet, Luís Felipe D'Ávila, Soraya Tronicke, Eymael, Padre Kelmon, Leonardo Pericles, Sofia Manzano e Vera Lúcia.

ACOMPANHE AQUI AS ELEIÇÕES DO BRASIL

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de