França abateu perto de três milhões de aves de capoeira para travar gripe aviária

A França tem 328 surtos em explorações agrícolas.

Quase três milhões de aves de capoeira foram abatidas em França para combater a gripe aviária, desde que os primeiros casos foram detetados nas explorações agrícolas, no final de novembro, anunciou esta terça-feira o Ministério da Agricultura francês.

Segundo o ministério, a França tem 328 surtos em explorações agrícolas, incluindo 218 na região das Landes (sudoeste), no coração do país do foie gras, onde foram organizados abates maciços.

Este é o quarto episódio da gripe aviária a afetar a França - e particularmente o sudoeste - desde 2015. O último, no inverno passado, levou ao abate de mais de 3,5 milhões de aves de capoeira, principalmente patos.

Os vizinhos europeus não foram poupados, em particular a Itália, onde 18 milhões de aves foram abatidas desde outubro.

Face à súbita aceleração da epizootia em janeiro no sudoeste da França, o governo francês decidiu, a 20 de janeiro, aumentar maciçamente os abates preventivos nesta região, para que o vírus deixasse de encontrar um meio de propagação.

Estas crises repetidas geram custos consideráveis para os profissionais (paragens de produção, encerramento dos mercados de exportação) e para o Estado (compensação pelos animais abatidos e as perdas económicas resultantes).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de