França prolonga funcionamento de reatores nucleares com mais de 40 anos

Reatores franceses com mais de 40 anos podem continuar a funcionar até ao fim dos anos 2030.

A Autoridade de Segurança Nuclear francesa criou esta quinta-feira condições para prolongar o funcionamento dos mais antigos reatores de França, com 40 a 50 anos, envolvendo o operador EDF, que realizará trabalhos de melhoria da segurança das instalações.

A entidade que regula a energia nuclear no país publicou a decisão, que já era esperada, sobre os 32 reatores de 900 megawatt (MW), os mais antigos de França que se encontram em funcionamento, na maioria, desde o início da década de 1980.

A Autoridade de Segurança Nuclear (ASN) fixou as condições para que as instalações possam continuar a funcionar a pós o "quarto exame periódico" que se verifica em cada década.

Sendo assim os reatores franceses com mais de 40 anos podem continuar a funcionar até ao fim da presente década e dos anos 2030.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de