Furacão Grace faz sete mortos no México mas passou a tempestade tropical

As mortes, entre elas uma criança, foram divulgadas pelas autoridades da cidade de Xalapa, capital do estado mexicano de Veracruz, que disseram haver também três pessoas desaparecidas.

O furacão Grace provocou pelo menos sete mortes no México, mas enfraqueceu ao tocar terra na costa leste do país e passou a tempestade tropical, informou o Centro Nacional de Furacões (NHC, na sigla original) dos Estados Unidos.

As mortes, entre elas uma criança, foram divulgadas pelas autoridades da cidade de Xalapa, capital do estado mexicano de Veracruz, que disseram haver também três pessoas desaparecidas.

Na tarde deste sábado, Grace estava a 40 quilómetros da Cidade do México, com ventos constantes de 110 quilómetros por hora e movendo-se a 20 quilómetros por hora, disse o NHC, que espera que "enfraqueça para uma depressão tropical durante a noite e se dissipe no domingo".

Além de sete mortos, na sequência de deslizamentos de terras provocados pela chuva intensa, registaram-se também danos materiais, como telhados arrancados e árvores derrubadas, e cortes no fornecimento de energia elétrica.

Na sexta-feira a região de Veracruz já tinha sido colocada em alerta para inundações e deslizamentos de terras. A autoridades do estado continuam em alerta, especialmente para o aumento do caudal dos rios nas próximas horas.

As autoridades de Puebla, Hidalgo central, San Luis Potosí norte e nordeste de Tamaulipas também alertaram as pessoas para o risco de inundações e deslizamentos de terras devido às chuvas do Grace.

Xalapa fica a pouco mais de 100 quilómetros do município costeiro de Tecolutla, onde Grace tocou terra ainda como furacão nas primeiras horas deste sábado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de