G7 exige aos taliban que deixem sair afegãos depois de 31 de agosto

Boris Johnson disse que o grupo de países dispõe de mecanismos "económicos, diplomáticos e políticos" consideráveis para apoiar esta exigência.

Os países do G7 vão exigir "passagem segura" aos taliban para os afegãos que querem deixar o Afeganistão depois de 31 de agosto, data em que as tropas norte-americanas deverão deixar o país, disse esta terça-feira o primeiro-ministro britânico.

Após presidir a uma cimeira virtual dos líderes do G7, Boris Johnson disse que o grupo de países dispõe de mecanismos "económicos, diplomáticos e políticos" consideráveis para apoiar esta exigência.

"A primeira condição que estabelecemos como G7 é que devem garantir uma passagem segura para aqueles que queiram partir até 31 de agosto e depois", disse Boris Johnson.

O G7 é constituído por Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de