Há uma superlua cor-de-rosa para ver nos céus de madrugada

Uma ilusão de ótica fará com que a lua pareça ampliada. Parecerá também mais rosada do que o habitual.

Na noite desta segunda para terça-feira, será visível no céu uma superlua cor-de-rosa. O Observatório Astronómico de Lisboa e a NASA precisam que o corpo celeste se encontrará em fase de Lua Cheia às 04h32 (hora de Lisboa), 23h32 nos EUA. É a essa hora que quererá estar mais atento aos céus, já que, depois desta superlua, só terá mais uma em 2021, a 26 de maio.

O perigeu - ponto da órbita em que um satélite se encontra mais próximo da Terra, neste caso, a 357377,973 km do planeta azul - será atingido esta terça-feira às 16h22, quase 12 horas depois do cenário que poderá ser visto esta madrugada.

A superlua acontece porque o satélite da Terra está em fase de lua cheia, mas também porque se encontra a uma distância da Terra abaixo dos 110% do perigeu da órbita. Uma ilusão de ótica fará com que a lua pareça ampliada. Parecerá também mais rosada do que o habitual.

O acontecimento astronómico pode começar a ser visto a partir das 03h30 desta terça-feira. Durante este mês de abril, vários planetas aparecerão visíveis a olho nu durante a noite.

"A superlua encontra-se na constelação de Balança e logo acima ver-se-á o triângulo da Primavera formado pelas estrelas: Arcturo, Espiga e Régulo. Marte estará localizado mais acima do lado oeste na constelação de Gémeos." É o que descreve também a página do Observatório Astronómico de Lisboa.

Na década de 1930, o almanaque Maine Farmer começou a atribuir à Lua os nomes índios americanos para as diferentes Luas ao longo dos meses do ano. De acordo com esse almanaque, a Lua cheia em abril é a Lua Rosa, em homenagem à erva musgo rosa, também conhecida como phlox rastejante. A planta é nativa do Leste dos Estados Unidos e é uma das primeiras flores da primavera. São ainda dados outros nomes para esta Lua, como a Lua do Ovo, e, entre as tribos costeiras da América do Norte, a Lua do Peixe, já que énesta altura que o animal começa a nadar rio acima para desovar.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de