Homem cai ao mar e sobrevive 14 horas agarrado a lixo marinho

Marinheiro de navio de carga não usava colete salva-vidas e agarrou-se, literalmente, à vida graças a um pedaço de lixo no oceano.

Um marinheiro que caiu ao mar sobreviveu ao agarrar-se a um pedaço de lixo no oceano durante 14 horas.

O lituano Vidam Perevertilov, engenheiro náutico de 52 anos, não estava a usar um colete salva-vidas, quando caiu de um navio de carga, no Oceano Pacífico, durante a madrugada de 16 de fevereiro. A BBC News conta que Perevertilov estava a fazer o trajeto entre o porto de Tauranga, na Nova Zelândia, e as ilhas britânicas de Pitcairn. O marinheiro terá sentido calor e tonturas e ido até ao convés para tentar recuperar, mas acabando por cair ao mar.

Sem se aperceber de que um homem tinha caído no oceano, o navio continuou o seu caminho.

Vendo-se em alto mar, sem outra forma de se manter à tona, o marinheiro reparou num "ponto preto" a alguns quilómetros de distância e decidiu nadar até lá. E garante que foi isso que lhe salvou a vida. Tratava-se de lixo marinho, restos de uma boia de pesca, à qual Perevertilov se agarrou até ser finalmente resgatado.

A tripulação do navio demorou cerca de seis horas a aperceber-se do desaparecimento de Vidam Perevertilov, regressando então para procurá-lo. Foram enviadas mensagens de socorro a outros navios na área, para ajudar a encontrá-lo e, tendo em conta que se encontrava junto ao arquipélago Austral da Polinésia Francesa, também a marinha de França juntou-se às buscas e os serviços meteorológicos franceses estudaram os ventos para calcular os padrões da possível deslocação do marinheiro. No final, acabou por ser o próprio navio de carga de onde tinha caído a encontrá-lo.

Vidam Perevertilov avistou o barco, fazendo sinais e chamando-o, naquilo que a tripulação descreveu como um "fraco grito humano". Estava bem de saúde, embora desidratado. A história teve um final feliz, já que o marinheiro acabou por ser resgatado e trazido a bordo novamente em segurança.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de