Imagens aéreas mostram rasto de destruição no estado do Rio de Janeiro

As piores chuvas dos últimos 90 anos provocaram o deslizamento de terras e inundações. Há dezenas de desaparecidos.

As piores chuvas dos últimos 90 anos provocaram o deslizamento de terras e inundações. Há dezenas de desaparecidos.

As equipas de salvamento estão numa corrida contra o tempo em busca de sobreviventes. As chuvas fortes dos últimos dias, "as piores desde 1932", deixaram um rasto de destruição em Petropólis, uma cidade com cerca de 300 mil habitantes, localizada no norte do estado brasileiro do Rio de Janeiro.

O último balanço aponta para 110 mortos, centenas de feridos e há pelo menos 130 desaparecidos. Milhares de pessoas ficaram desalojadas porque o deslizamento de terras destruiu tudo o que levou à frente.

A perfeitura de Petrópolis declarou o estado de calamidade e três dias de luto, em memória das vítimas. O Brasil tem sofrido a época de chuvas particularmente intensa, conta a agência France-Press. Os cientistas acreditam que este fenómeno está associado às alterações climáticas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de