Incêndio no sul de Espanha arde pelo quinto dia consecutivo. Há mais de 1600 desalojados

Incêndio já consumiu 7400 hectares e obrigou a desalojar mais de 1600 pessoas.

O fogo continua por controlar num incêndio no sul de Espanha, tendo já consumido, desde quarta-feira passada, 7400 hectares e desalojado mais de 1600 pessoas, depois de uma noite intensa em todas as frentes. Os meios aéreos retomaram esta manhã a sua atividade para tentar extinguir o incêndio florestal na Serra Bermeja, província de Málaga (Andaluzia), após uma noite de grande atividade para os homens no terreno.

Segundo as autoridades, os esforços neste complexo incêndio são dirigidos para conter o flanco oriental e o seu avanço para a cidade de Casares e a área de Monte Duque.

O tráfego está interrompido em oito estradas e já foi retirada e realojada em estabelecimentos hoteleiros da região toda a população das zonas consideradas mais em risco pelas autoridades.

"Estamos a falar de um incêndio de uma força e intensidade invulgares em comparação com os incêndios que estamos habituados a ver", disse o responsável pelos serviços de luta contra os incêndios Alejandro Garcia, numa conferência de imprensa no domingo.

Mais de 600 profissionais foram destacados para combater o incêndio e ajudar os habitantes, de acordo com o governo regional da Andaluzia, estando a ser apoiados por aviões e numerosos helicópteros.

O fogo começou na Serra de Bermeja no início da noite de quarta-feira e foi crescendo durante a madrugada de quinta-feira, provocando as primeiras evacuações perto da estância turística mediterrânica de Estepona.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de