Inflação em Espanha acelera para 10,2% em junho, máximo desde abril de 1985

Aumento da inflação foi motivado sobretudo pelo aumento dos preços dos combustíveis.

A inflação homóloga em Espanha subiu para 10,2% em junho, o nível mais alto desde abril de 1985, confirmou esta quarta-feira o Instituto Nacional de Estatística espanhol (INE).

Este aumento da inflação homóloga, de um ponto percentual e meio face a maio (8,7%), foi motivado principalmente pelo aumento dos preços dos combustíveis e dos alimentos frescos.

Excluindo os artigos mais voláteis (alimentos frescos e energia) do cabaz de compras, a inflação subjacente foi de 5,5%, a taxa mais alta desde agosto de 1993.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de