Descoberta no Reino Unido sepultura equivalente a tumba de Tutankhamon

Após 15 anos de investigação, os arqueólogos concluíram que a sepultura pertencerá à família dos Saxões do Leste.

Uma sepultura real saxónica descoberta em 2003 à beira de uma estrada no Reino Unido, entre um bar e um supermercado, foi apresentada pelos especialistas como "o equivalente britânico" da tumba do faraó Tutankhamon.

O túmulo foi descoberto durante as obras de alargamento de um troço de uma estrada em Prittlewell, perto da cidade de Southend-on-Sea, no condado de Essex.

Após 15 anos de investigação, os arqueólogos pensam que a sepultura pertencerá a Seaxa, irmão de Saeberht, rei dos Saxões do Leste no início do século VII.

"Penso que é o nosso equivalente à tumba de Toutankhamon", dado o tesouro encontrado, declarou a diretora para a investigação do Museu de Arqueologia de Londres (MOLA), Sophie Jackson, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

Segundo Sophie Jackson, trata-se da mais antiga sepultura principesca, cristã e saxónica que existe no Reino Unido.

Os arqueólogos estimam que terão sido necessários 113 dias para construir a tumba, que tem 40 objetos, incluindo uma lira (instrumento musical de cordas), uma caixa de madeira pintada com 1400 anos e um jarro aparentemente proveniente da Síria.

A lista de objetos, alguns dos quais serão expostos a partir de sábado no museu de Southend, engloba um gargalo em prata dourada de um recipiente em madeira utilizado para o vinho e copos de vidro decorativo.

Continuar a ler

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de