EUA aliam-se ao Canadá e Austrália para reduzir a dependência face à China

A China é detentora da maioria dos materiais fundamentais para a indústria de alta-tecnologia e os EUA querem reverter essa tendência.

Os Estados Unidos vão aliar-se ao Canadá e à Austrália para ajudar países por todo o mundo a explorar as reservas de minério como o lítio, cobalto ou cobre.

Trata-se de uma nova estratégia do departamento do estado norte-americano que visa reduzir a dependência face à China de materiais que são fundamentais para a indústria de alta-tecnologia. Atualmente, Pequim controla 80% da produção mundial.

Mas, na semana passada, o Governo chinês deu a entender que pondera reduzir o volume de exportação deste tipo de minérios.

O plano que os Estados Unidos estão a ultimar pretende partilhar experiências e técnicas de mineração com outros países para a descoberta e exploração de novas jazidas.

De acordo com documentos norte-americanos, a procura mundial por estes minérios vai aumentar em cerca de 1000% até 2050.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de