Ladrão furta telemóvel de repórter ao vivo

Durante o enterro de Gabriel Diniz, autor do hit "Jennifer", jornalista denunciou um furto em direto.

O programa do canal SBT Fofocalizando, que como o nome indica trata de rumores em torno da vida dos famosos e costuma ser leve e divertido, naquele dia estava particularmente solene: o caso não era para menos, acompanhava em direto o enterro de Gabriel Diniz, jovem cantor de "forrónejo" - o estilo de música que combina forró e sertanejo - falecido em desastre de aviação, meses depois de ter obtido o seu maior êxito, a música "Jennifer".

Lá em João Pessoa, capital da Paraíba, onde decorria o cortejo fúnebre, a repórter Márcia Dantas ia fazendo a reportagem possível e dando o tom, triste, do momento quando, do nada, solta um grito. "Roubaram meu celular!", disse, aflita, ofegante.

O repórter de imagem imediatamente filma o suposto assaltante e alguns populares detêm-no.

Mais tarde, já no jornal Primeiro Impacto, a mesma repórter, que cobre notícias em geral e crime em particular, contou mais detalhes sobre Geraldo Dias, o nome do assaltante que se defendeu perante a polícia dizendo que só queria pegar o telemóvel dela do chão. "Olha a cara de pau, hein?", desabafou Márcia Dantas.

Não convenceu: afinal já estivera preso por furto e fora apanhado noutra ocasião com 40 telemóveis roubados.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de