Morreu Peter Fonda, estrela de "Easy Rider"

Peter Fonda sofria de um cancro pulmonar e morreu devido a uma insuficiência respiratória.

O ator norte-americano Peter Fonda, uma das estrelas do filme "Easy Rider", morreu na sexta-feira, aos 79 anos, na sua casa em Los Angeles, anunciou a família.

Peter Fonda sofria de um cancro pulmonar e morreu devido a uma insuficiência respiratória, precisou a família do ator num comunicado.

"É um dos momentos mais tristes das nossas vidas, não conseguimos encontrar as palavras apropriadas para exprimir a dor nos nossos corações", disse a família de Peter Fonda, filho do ator Henry Fonda, irmão da atriz Jane Fonda e pai da também atriz Bridget Fonda.

Peter Fonda nasceu em Nova Iorque a 23 de fevereiro de 1940, e tinha dez anos quando morreu a mãe, Frances Ford Seymour. Manteve um relacionamento distante com o pai, mas reconheceu que se aproximaram antes da morte de Henry Fonda, em 1982.

Estreou-se no cinema em 1963, no filme "Tammy and the Doctor", mas a fama mundial chegou em 1969, com "Easy Rider".

Considerado um dos filmes emblemáticos da contracultura norte-americana dos anos 60, "Easy Rider" foi escrito conjuntamente por Peter Fonda, Dennis Hopper, que o realizou, e Terry Southern, e contava também com Jack Nicholson num papel secundário.

O filme de culto conta a história de dois motociclistas protagonizados por Fonda e Hopper, que viajam pelos Estados Unidos em busca da liberdade pessoal.

Fonda participou em mais de uma centena de filmes, mas nunca ganhou um Óscar, apesar de ter sido nomeado duas vezes: em 1970, como coautor do argumento de "Easy Rider", e em 1997, como melhor ator em "Ulee's Gold".

O seu último filme, "The Last Full Measure", com Samuel L. Jackson, Morgan Freeman e Laurence Fishburne, deverá estrear-se nos Estados Unidos no final de outubro.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de