Nova Iorque celebra Orgulho Gay, 50 anos depois de Stonewall

Cinquenta anos depois dos violentos confrontos contra a repressão da comunidade LGBTQ+, ocorridos em Stonewal, Nova Iorque celebrou a efeméride com duas marchas.

As relações entre pessoas do mesmo sexo eram, no inicio da década de 1960, consideradas um crime nos Estados Unidos.

Nove anos depois, esta lei já tinha sido anulada em alguns estados, mas Nova Iorque continuava inflexível.

Na madrugada de 28 de junho de 1969, um confronto no bar gay Stonewall, situado em Village, deu início a seis dias de manifestações de repressão contra a comunidade LGBTQ+. A Revolução de Stonewall, como ficou conhecida, ocorrida há 50 anos, deu início aos grandes movimentos a favor dos direitos LGBTQ+.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de