Xanana e Habibie. A despedida entre dois ícones da independência de Timor

O ex-Presidente indonésio que permitiu a independência de Timor-Leste morreu esta quarta-feira aos 83 anos.

No fim da vida do ex-Presidente, o ex-guerrilheiro despede-se com reverência. Um vídeo publicado pela BBC mostra Xanana Gusmão a abraçar Jusuf Habibie, um momento simbólico entre duas figuras históricas para Timor-Leste.

O antigo Presidente da Indonésia que permitiu o referendo de independência em Timor-Leste e iniciou reformas democráticas após a queda do regime de Suaharto, morreu esta quarta-feira com 83 anos, num hospital de Jacarta.

Habibie tinha sido internado no início do mês, num hospital militar de Jacarta, na unidade de cuidados intensivos, com problemas cardíacos. Ainda recebeu a visita de Xanana Gusmão.

Jusuf Habibie foi escolhido para liderar a Indonésia depois da queda do regime do ditador militar Suharto, inaugurando uma série de reformas que conduziram o país à democracia. Também permitiu um referendo que escolheu por larga maioria a independência de Timor-Leste, em 1999, num sufrágio livre e democrático.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de