Lançamento de míssil norte-coreano é "ação provocante", diz União Europeia

Fontes militares sul-coreanas anunciaram esta quarta-feira que a Coreia do Norte disparou pelo menos um projétil na sua costa oriental, no que parece ser uma demonstração da crescente capacidade militar antes das negociações nucleares com os EUA.

O lançamento de um míssil balístico no mar pela Coreia do Norte é "mais uma ação provocante" de Pyongyang para minar o processo de paz na península coreana, disse esta quarta-feira a União Europeia (UE), em comunicado.

"Hoje, o disparo de um míssil balístico no mar é mais uma ação provocante da República Popular Democrática da Coreia (RPDC)", considera a UE.

O lançamento do míssil "mina os esforços da comunidade internacional para construir a confiança, aumentar a segurança e reforçar um processo de paz sustentado na península coreana".

Fontes militares sul-coreanas anunciaram esta quarta-feira que a Coreia do Norte disparou pelo menos um projétil na sua costa oriental, no que parece ser uma demonstração da crescente capacidade militar antes das negociações nucleares com os EUA.

O comando conjunto dos chefes de Estado-Maior da Coreia do Sul não confirmou imediatamente o tipo de armas disparado nem a distância percorrida.

O lançamento ocorre depois de um diplomata norte-coreano sénior ter afirmado na terça-feira que a Coreia do Norte e os EUA tinham concordado em regressar às negociações do dossiê nuclear.

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de