Eurogrupo. "Recuperação económica está em andamento"

Otimismo e confiança, é a mensagem que sai da reunião do Eurogrupo que terminou esta tarde em Bruxelas.

O presidente do Eurogrupo, Paschal Donohoe, considera que Portugal preparou um bom programa de recuperação, e afirma que a recuperação económica está em andamento. Isso mesmo foi possível verificar nos relatórios de vigilância pós-programa, preparados para quatro países.

Donhoe referiu-se a Espanha, Chipre, Irlanda e Portugal, identificando sinais positivos nos respetivos relatórios, os quais "mostram que a recuperação económica está em andamento".

"Nestes países, graças às medidas adotadas pelas autoridades, à resiliência dos nossos cidadãos por toda a Europa, e ao bom avanço das campanhas de vacinação", afirmou o irlandês, que ainda antes da reunião do Eurogrupo expressou otimismo em relação à capacidade da economia portuguesa para sair da crise.

"O ministro Leão e o primeiro-ministro Costa prepararam um programa de recuperação muito forte. Eu e os meus colegas temos uma confiança muito forte na capacidade da economia Portuguesa para recuperar. E, o programa vai dar um contributo forte para isso", considerou.

Concluídos os relatórios de vigilância pós-troika, o diretor do Mecanismo Europeu de Estabilidade, Klaus Regling considera que não há dúvida sobre a capacidade de Chipre, Espanha, Irlanda, e Portugal, para pagar "dívida".

"Os quatro países gozam de um bom acesso ao mercado, baixas taxas de juro, baixos spreads, e também tem boas reservas de liquidez. As agências de rating mantiveram inalterada a notação da dívida soberana. O nosso relatório conclui que, de momento, não há problemas de reembolso da dívida para estes países", assumiu o alemão.

O Plano de Recuperação e Resiliência para Portugal foi aprovado na quarta-feira pela Comissão Europeia. O programa ascende aos 16,6 mil milhões de euros, entre os quais 13,9 mil milhões de euros a fundo perdido. Daqui a menos deu mês, na reunião de 13 de julho, o Conselho deverá dar luz verde ao programa, possibilitando o desembolso das primeiras tranches para enfrentar a crise pós-pandemia.

Notícia atualizada às 20h45

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de