Lula da Silva diz que testou positivo mas já recuperou da Covid-19

O antigo Presidente do Brasil, de 75 anos, testou positivo ao coronavírus durante uma viagem a Cuba. Agora, diz-se já pronto para ser vacinado.

O antigo Presidente brasileiro Lula da Silva informou que testou positivo à Covid-19 durante uma viagem a Cuba, mas que já recuperou da doença e que está "preparado para tomar a vacina".

"Estou preparado para tomar a vacina, assim que tivermos vacina para todos. Sigo esperando a minha vez na fila, com o braço à disposição para tomar assim que puder. E, enquanto todos não se vacinam, vou continuar com máscara, evitando aglomerações e passando muito álcool em gel", disse Lula, citado num comunicado partilhado nas redes sociais e no 'site' do Partido dos Trabalhadores(PT).

Lula, de 75 anos, explicou que esteve em Havana desde 21 de dezembro, para participar no início das gravações de um documentário sobre a América Latina, produzido e dirigido pelo cineasta norte-americano Oliver Stone, onde efetuou o teste, que deu positivo.

O ex-presidente explicou que não comunicou o seu diagnóstico previamente porque "estava fora do Brasil" e para "preservar a sua família e a dos outros infetados".

"Ao longo do acompanhamento, o antigo Presidente foi diagnosticado em tomografia computadorizada com lesões pulmonares compatíveis com broncopneumonia associada à Covid-19, apresentando excelente recuperação", diz o comunicado, salientando que Lula "não necessitou de internação hospitalar".

Além do antigo mandatário, todos os nove membros da sua comitiva, exceto uma jornalista, foram diagnosticados com o coronavírus e permanecem em isolamento social, sob vigilância sanitária e de acordo com os protocolos do sistema de saúde cubano.

Entre os infetados estava o escritor brasileiro Fernando Morais, que permaneceu sob cuidados hospitalares por 14 dias, por complicações pulmonares.

"Eu e toda a minha equipa somos agradecidos à dedicação dos profissionais de saúde e do sistema de saúde pública cubano que estiveram connosco no cuidado diário. Agradeço ao Governo de Cuba e a todos que estiveram connosco, de coração. Jamais esqueceremos a solidariedade cubana e o compromisso com a ciência de seus profissionais", declarou o histórico líder do PT.

"O ex-presidente Lula volta de Cuba com uma única certeza: somente a vacinação da humanidade pode livrá-la do coronavírus. Basta a ignorância contra a vacina", salientou o texto.

As filmagens, que levaram Lula até Cuba, foram adiadas devido à pandemia.

Ainda em Cuba, Lula decidiu cancelar todas as atividades e, após receber alta epidemiológica, reuniu-se apenas com o Presidente cubano, Miguel Díaz-Canel, o primeiro secretário do Partido Comunista de Cuba, Raul Castro, o primeiro ministro cubano, Manuel Marrero, e com o ministro dos Negócios Estrangeiros, Bruno Rodriguez.

O Brasil é o país lusófono mais afetado pela pandemia e um dos mais atingidos no mundo, ao contabilizar o segundo maior número de mortos (212.831, em mais de 8,6 milhões de casos), depois dos Estados Unidos.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 2.075.698 mortos resultantes de mais de 96,8 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

LEIA TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de