Macron promete "unir convições e sensibilidades" na segunda volta

O Presidente recandidato vai discutir a segunda volta das presidenciais francesas com Marine Le Pen.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, que terá vencido este domingo a primeira volta das eleições presidenciais em França, disse estar disposto a "unir convicções e sensibilidades" na segunda volta.

"Nada está decidido" para a segunda volta, disse Macron, lembrando que o resultado final das eleições presidenciais "será decisivo para a França e para a Europa" e elogiando a "clareza relativamente à extrema-direita", referindo-se à candidata Marine Le Pen, que ficou em segundo lugar, de acordo com sondagens à boca das urnas.

"A vossa confiança honra-me e compromete-me (...) Não vamos errar", disse Macron, mostrando-se disponível para encontrar novas soluções para "unir convicções e sensibilidades", de forma a conseguir uma vitória na segunda volta, que se realizará em 24 de abril.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de