Mais de 5.500 mulheres desapareceram no Peru em 2020

No total, 1.686 mulheres adultas e 3.835 menores foram dadas como desaparecidas, o que representa, em média, pelo menos uma mulher por hora, e quinze por dia, refere aquela entidade.

Mais de 5.500 queixas de mulheres desaparecidas foram registadas no Peru em 2020, a maioria delas relativas a menores, revela um relatório divulgado segunda-feira pela Provedoria da Justiça.

O relatório "O que aconteceu com elas?" refere ainda que no ano passado, um quarto das 138 vítimas de feminicídio contabilizadas, foram dadas como desaparecidas, o que para a Provedoria da Justiça mostra "uma estreita ligação entre as duas formas de violência".

No ano passado houve ainda 208 tentativas de feminicídio, enquanto 51 mortes violentas de mulheres permanecem por esclarecer e são ainda objeto de investigação.

Para facilitar a busca de mulheres desaparecidas no país e o acompanhamento de cada denúncia, a Provedoria da Justiça implementou, desde 15 de outubro, o Sistema de Busca de Pessoas Desaparecidas, mas alertou para algumas falhas que a plataforma tem e que deverão ser corrigidas.

Entre as limitações detetadas está a dificuldade no acesso e divulgação atempada dos alertas de pessoas desaparecidas meses antes e problemas ao nível das fotografias afixadas para que seja possível a sua procura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de