Marcelo deseja que "corra bem o rescaldo eleitoral" em Espanha

O Presidente da República reiterou a mensagem de que "o que for bom para Espanha é bom para Portugal".

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, expressou esta segunda-feira o desejo de que "corra bem o rescaldo eleitoral e a formação de governo" em Espanha, na sequência das eleições legislativas de domingo.

Em declarações aos jornalistas, à chegada a Roma, para uma visita de Estado a Itália, Marcelo Rebelo de Sousa reiterou a mensagem de que "o que for bom para Espanha é bom para Portugal" e "o que não for bom para Espanha é mau para Portugal".

"Portanto, eu desejo que corra bem, agora que estão realizadas as eleições, que corra bem o rescaldo eleitoral e a formação de governo e a situação política espanhola, que é importante. É um país vizinho, é um país irmão e é um país que connosco partilha muitíssimas posições na União Europeia", acrescentou.

Questionado sobre o crescimento do partido de extrema-direita Vox, que passou a terceira força política em Espanha, o chefe de Estado respondeu: "Isso não vou comentar". O Partido Socialista Operário Espanhol (PSOE) foi a força mais votada, com 28% dos votos, mas perdeu três lugares no parlamento, passando a ter 120, seguido pelo Partido Popular (PP), com 20,8% dos votos e 88 deputados, e pelo Vox, com 15,1% e 52 eleitos.

O Unidas Podemos, com 12,8%, elegeu 35 deputados e o Cidadãos, com 6,8%, conseguiu 10 lugares no parlamento.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de