Membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU querem "um Afeganistão estável"

António Guterres, secretário-geral da ONU, afirma que todos querem "um Afeganistão onde os direitos das mulheres e raparigas sejam respeitados".

Os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da ONU "todos querem um Afeganistão pacífico e estável, onde a ajuda humanitária possa ser entregue sem problemas e sem discriminação", disse o secretário-geral da ONU.

Todos eles querem "um Afeganistão onde os direitos das mulheres e raparigas sejam respeitados, um Afeganistão que não seja um santuário do terrorismo, um Afeganistão onde tenhamos um Governo inclusivo representando os diferentes setores da população", disse António Guterres, aos jornalistas na quarta-feira após uma reunião com ministros desses países.

A reunião durou pouco mais de uma hora. Nenhum dos ministros dos Negócios Estrangeiros presentes quis comentar no início ou no final da sessão.

Os Talibãs, em busca de reconhecimento internacional, tinham pedido para serem autorizados a falar na Assembleia Geral da ONU antes do fim do seu debate geral na segunda-feira à noite.

Contudo, os EUA disseram que o comité de acreditação da ONU, do qual é membro, não se reunirá antes de novembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de