Menino ucraniano de 11 anos chega sozinho à Eslováquia

A mãe do menino colocou-o num comboio para a Eslováquia, porque teve de ficar na Ucrânia a cuidar da mãe, com problemas de saúde.

Um menino ucraniano de 11 anos atravessou a fronteira para a Eslováquia sozinho, com apenas um saco de plástico, o passaporte e um número de telefone escrito na mão, disse a polícia eslovaca à AFP.

"Ele veio sozinho de Zaporizhzhia, porque os seus pais tiveram que ficar na Ucrânia", disse à agência de notícias francesa a porta-voz da polícia, Denisa Bardyova, acrescentando que o menino, que chegou no sábado, ficou ao cuidado de voluntários, que o alimentaram.

O exército russo ocupou a central nuclear de Zaporizhzhia, a maior da Europa, na sexta-feira.

A mãe do menino colocou-o num comboio para a Eslováquia, sozinho, porque teve de ficar na Ucrânia a cuidar da sua mãe, que tem problemas de saúde.

"Estou muito grata por o meu filho ter sido salvo", disse Yulia Pisetskaya, num vídeo publicado na rede social Facebook no domingo.

Na mesma rede social, a polícia eslovaca disse que o menino "conquistou o coração de todos com o seu sorriso, a sua coragem e a sua determinação, dignas de um verdadeiro herói".

Os voluntários na fronteira contactaram familiares da criança na Eslováquia, que a foram buscar e a levaram para a capital, Bratislava.

A Rússia lançou na madrugada de 24 de fevereiro uma ofensiva militar na Ucrânia que, segundo as autoridades de Kiev, já fez mais de 2.000 mortos entre a população civil.

Os ataques provocaram também a fuga de mais de 1,5 milhões de pessoas para os países vizinhos, de acordo com as Nações Unidas.

A invasão russa foi condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para a Ucrânia e o reforço de sanções económicas a Moscovo.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E A UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de