Mesmo com aulas à distância alunos de Erasmus escolhem vir para Portugal

A Universidade do Algarve é o exemplo de que os alunos de Erasmus não quiseram ficar a ter aulas online nos seus países. No segundo semestre tem 140 alunos em mobilidade, de 29 nacionalidades.

Sergi Perello chegou de Barcelona, no início do semestre. Decidiu vir, mesmo sabendo que em Portugal as aulas da universidade iriam decorrer online, sem data ainda conhecida para a sua reabertura. Poderia ter ficado em Espanha, na Catalunha, a assistir às aulas do curso de engenharia alimentar pelo computador, mas o desejo de vir para outro país fazer o semestre de Erasmus falou mais alto. "Eu queria aprender a língua", explica. Sergi conta que viajou com os pais há uns anos até ao Algarve. " Fiquei em Albufeira mas visitei também Faro, Portimão, o Cabo de S. Vicente e gostei muito das paisagens, da língua, da comida também." Por isso, decidiu pegar nas malas e fazer um semestre da sua licenciatura na universidade da região.

Sergi não é caso único. Neste segundo semestre a Universidade do Algarve recebeu 140 estudantes em mobilidade, de 29 nacionalidades. Estão ali alunos europeus de vários países mas também brasileiros, mexicanos, paquistaneses, filipinos e de tantas outras naturalidades. "As outras universidades em Portugal tiveram um decréscimo de 87% dos alunos internacionais no primeiro semestre e nós só diminuímos 40%", confirma a vice-reitora, responsável pela internacionalização.

Os números ainda não estão analisados mas tudo indica que o segundo semestre seja igual. Alexandra Teodósio dá alguns conselhos ao estudante catalão. "O importante é não fazerem festas em espaços reduzidos", sugere. A vice-reitora admite que para estes estudantes estrangeiros que chegam a um país desconhecido é duro não se encontrarem com outros colegas mas pede-lhes paciência.

No entanto, mesmo com todas estas condicionantes, Sergi Perello não se arrepende nem por um instante da decisão que tomou. Já aprendeu a cozinhar na casa que partilha com duas colegas espanholas e este semestre em Portugal serve-lhe como experiência de vida. "É uma aventura, estou aqui há duas semanas e acho que é o melhor que pude fazer."

Os alunos de Erasmus na Universidade do Algarve começam as aulas presenciais no dia 19 de abril, altura em que finalmente todos se irão encontrar.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de