Migrações: 31 migrantes resgatados em Lanzarote e 55 chegaram à Grã-Canária

As autoridades espanholas resgataram 31 migrantes na última noite em alto mar, a menos de um quilómetro da ilha de Lanzarote, e 55 chegaram esta manhã numa embarcação à Grã-Canária, anunciaram os serviços de salvamento marítimo.

A embarcação resgatada em alto mar foi avistada na sexta-feira, quando se encontrava a meia milha náutica dos Jameos del Agua, no norte de Lanzarote, segundo os serviços de salvamento marítimo, citados pela agência EFE.

O Salvamento Marítimo pediu a um barco de pesca que estava na área que recebesse os migrantes para evitar acidentes até a chegada de uma embarcação daquele serviço de emergência, que prosseguiu com o resgate por volta das 21:25.

O grupo era composto por 28 adultos, 20 homens e oito mulheres, e três menores.

Todos foram transferidos para o porto de Arrecife, capital da ilha.

Os serviços de Salvamento Marítimo tinham recebido um alerta devido à partida, na quinta-feira, de uma embarcação com 30 pessoas a bordo de Guelmim, uma província de Marrocos, cuja costa fica a entre 250 e 300 quilómetros de Lanzarote.

Já este sábado, por volta das 07h20 locais, foi detetada uma outra embarcação aparentemente à deriva, a menos de 1,6 quilómetros do porto de Arinaga, no sudeste de Grã-Canária.

Quando uma embarcação do Salvamento Marítimo chegou à zona, os seus 55 ocupantes já tinham conseguido chegar ao porto de Arinaga pelos seus próprios meios, informaram a Cruz Vermelha e o Salvamento Marítimo.

Também 24 adultos (22 homens e duas mulheres) e dois menores de origem argelina foram localizados em três barcos ao final da noite de sexta-feira na costa de Múrcia, na área de Cartagena, informaram as autoridades locais e os serviços de salvamento marítimo de Espanha.

Ainda de acordo com as autoridades espanholas, 59 dos 454 migrantes que chegaram em 31 barcos no fim de semana passado a Cartagena e que estavam em quarentena por terem tido contacto com outros migrantes infetados com covid-19 escaparam das instalações onde estavam retidos por volta da meia-noite, rompendo o confinamento.

As autoridades estão à procura dos foragidos, tendo já capturado 15 deles.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de