"Momento histórico" contra "força bruta" russa, 37 casos de varíola dos macacos em Portugal e outros destaques TSF

Também para ler nos destaques informativos desta manhã, estão as conclusões de um estudo sobre abstenção no período da pandemia, que mostram que as medidas adotadas por causa da Covid-19 tiveram pouca influência na taxa de participação eleitoral.

A manhã informativa da TSF desta segunda-feira fica marcada pelo estudo "A Abstenção no período da Pandemia Covid-19, 2020-2022", realizado pelo Observatório Eleitoral Internacional da Universidade Lusíada. As conclusões desta investigação mostraram que as medidas adotadas por causa da Covid-19 tiveram pouca influência na taxa de participação eleitoral.

Augusto Santos Silva está preocupado com os níveis de abstenção. Em entrevista à TSF, o Presidente da Assembleia da República alertou para o fenómeno dos jovens abstencionistas. Santos Silva admitiu que a abstenção "pode ser um problema de idade ou de ciclo de vida", mas avisou que "também pode ser um problema geracional."

Há quem nunca deixe de ir votar nos atos eleitorais e considere "lamentável" existir 50% de abstenção. É o caso de Joaquim Teixeira, que votou pela primeira vez quando tinha 33 anos e, a partir daí, nunca mais falhou uma eleição. Ouça e leia a reportagem da TSF aqui:

Há um consenso generalizado na política portuguesa de que a lei eleitoral tem de ser revista. No entanto, ouvidos pela TSF, PS e PSD não se comprometem com uma revisão "no imediato", apenas "nos próximos anos".

Já a Comissão Nacional de Eleições (CNE) considerou que o problema da abstenção não é de hoje e a discussão sobre como dar a volta aos números também não. No entender de João Almeida, porta-voz da CNE, não cabe ao órgão convencer as pessoas a votar.

Em Davos, na Suíça, no Fórum Económico Mundial, Zelensky pediu "sanções máximas" para a Rússia, afirmando que o mundo está a viver um "momento histórico" em que se vai decidir se a "força bruta vai dominar o mundo".

No domingo, dia em que o Presidente polaco, Andrzej Duda, visitou Kiev, Zelensky anunciou que o país vai introduzir um controlo aduaneiro conjunto com a Polónia. "Isso acelerará significativamente os procedimentos de fronteira. Eliminará a maioria dos riscos de corrupção. Mas também é o início da nossa integração na área aduaneira comum da União Europeia. É um processo verdadeiramente histórico", disse.

Noutro plano, a ONU anunciou que o número de pessoas deslocadas de suas casas devido a conflitos em todo o mundo atingiu um recorde de 100 milhões. Um número que foi impulsionado pela guerra na Ucrânia.

Em Portugal, a DGS informou que há mais 14 casos confirmados de varíola dos macacos. Sobe, assim, para 37 o número total de casos no país.

O Presidente norte-americano disse que os Estados Unidos interviriam militarmente caso a China invadisse Taiwan. Joe Biden afirmou que a obrigação de proteger a ilha tornou-se "ainda mais forte" após a invasão da Ucrânia pela Rússia. Em resposta, a China disse estar preparada para defender os seus interesses nacionais sobre Taiwan.

Bruxelas continua a colocar Portugal num conjunto de sete países com desequilíbrios macroeconómicos. "Elevada dívida pública, privada e dívida externa" são as "principais fraquezas" da economia portuguesa, num contexto em que a produtividade tem um "crescimento baixo".

O elétrico 28, também conhecido como o amarelo da Carris e que faz o percurso entre o Martim Moniz e os Prazeres, em Lisboa, é a carreira mais famosa para os turistas. No trajeto, passa pela Sé de Lisboa, atravessa a Baixa, sobe o Chiado e a Estrela. Agora, Ezequiel Alabaça, um engenheiro de software, construiu-o com peças da Lego, em miniatura.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de