Morreu Frederik de Klerk, o último presidente da África do Sul segregada

A notícia foi avançada pela sua fundação.

O último presidente da África do Sul segregada, Frederik de Klerk, morreu esta quinta-feira aos 85 anos.

Frederik de Klerk foi o homem responsável pela libertação do ícone da luta contra o apartheid Nelson Mandela, tendo partilhado com ele o Nobel da paz.

A notícia da morte do ex-presidente foi avançada pela sua fundação: "É com grande tristeza que a Fundação FW de Klerk anuncia a morte do ex-presidente FW de Klerk de forma tranquila na sua residência de Fresnaye esta manhã, depois de uma luta contra o cancro", anunciou a organização em comunicado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de