Morreu o espanhol apanhado pelas chamas quando tentava proteger a sua aldeia

O vídeo que mostrava Ángel Martín a escapar por pouco às chamas correu o mundo. Morreu esta madrugada, vítima das queimaduras que sofreu nesse dia.

Morreu Ángel Martín, o homem de 52 anos que ficou ferido com gravidade no grande incêndio florestal que atingiu este verão a região de Zamora, no noroeste de Espanha.

O espanhol morreu esta madrugada no hospital de Valladolid, onde estava internado há três meses com queimaduras graves, escreve o El País.

O vídeo que o mostra a sair do fogo com as roupas a arder foi amplamente divulgado na imprensa internacional. ​​​​​Ángel Martín estava a usar uma retroescavadora para tentar criar um corredor antifogo e evitar que as chamas chegassem à localidade de Tábara, quando o fogo atingiu a máquina, obrigando-o a fugir.

Arderam mais de 60 mil hectares na região de Zamora em julho e pelo menos quatro pessoas morreram, contando com Ángel.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de