Rússia diz que os EUA "não entendem" como funciona o Kremlin

Os Estados Unidos afirmaram que os conselheiros de Vladimir Putin não lhe contam a verdade por terem medo dele.

O Kremlin disse, esta quinta-feira, que os Estados Unidos não percebem nada do funcionamento do poder na Rússia, o que considerou inquietante, rejeitando considerações de que os conselheiros do Presidente russo não lhe dizem a verdade porque têm medo dele.

"Eles não entendem o Presidente [Vladimir] Putin, não entendem o mecanismo de decisão, nem entendem o nosso trabalho", afirmou o porta-voz presidencial russo, Dmitri Peskov, que no passado denunciou os comentários insultuosos do Presidente norte-americano, Joe Biden, em relação ao líder do Kremlin.

"Não só é uma pena, como é preocupante, porque quando há um certo grau de mal-entendidos, isso leva a tomadas de decisão erradas que depois têm consequências graves", acrescentou o porta-voz de Putin na habitual conferência de imprensa diária.

Os serviços secretos norte-americanos e britânicos afirmaram na quarta-feira que Vladimir Putin está a ser induzido em erro pelos seus conselheiros, que "têm medo de lhe dizer a verdade" sobre a sua estratégia "falhada" na Ucrânia.

Já antes, as agências de informação dos Estados Unidos da América (EUA) tinham sinalizado que Putin se sentiria enganado pelos seus próprios conselheiros por estes lhe darem informação "errónea" sobre a evolução da guerra na Ucrânia e sobre o efeito das sanções na economia russa.

A Rússia lançou, a 24 de fevereiro, uma ofensiva militar na Ucrânia condenada pela generalidade da comunidade internacional, que respondeu com o envio de armamento para as forças militares ucranianas e o reforço de sanções económicas e políticas a Moscovo.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE A GUERRA NA UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de