"Não se esqueçam de rezar por mim." Papa mantém tradição de domingo e surge à varanda do hospital

Com centenas de pessoas a aplaudirem, o papa mostrou-se sorridente e em forma.

O papa Francisco apareceu esta manhã em público, pela primeira vez desde que foi operado aos intestinos. A partir da varanda do hospital onde continua a recuperar da cirurgia, o papa agradeceu o carinho de todos os que o apoiaram nesta semana e deixou uma palavra especial aos profissionais de saúde.

Mantendo a tradição do Angelus, aos domingos, agora na varanda do hospital Gemelli, em Roma, o papa aproveitou para agradecer as orações e o apoio de todos os fiéis.

"Do fundo do coração", Francisco defendeu a importância dos serviços de saúde, que devem continuar "gratuitos e acessíveis a todos". Trata-se de "um bem precioso que importa defender", salienta o pontífice.

Francisco deixou ainda umas palavras aos profissionais de saúde, que "trabalham tanto", e ainda falou da situação no Haiti, onde o Presidente foi assassinado esta semana. "É preciso acabar com a violência", afirmou o líder da igreja católica, que terminou com um pedido pessoal: "Não se esqueçam de rezar por mim."

Francisco, de 84 anos, foi submetido a uma cirurgia no último domingo devido a "uma estenose diverticular grave com sinais de diverticulite," na qual parte do intestino foi removida e que exigiu anestesia geral.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de