Navio grego com um morto e dez infetados retido ao largo de Creta

O navio que tem a Colômbia como destino vai ter de ficar "alguns dias" ao largo de Creta.

Um cargueiro grego que aportou em Creta proveniente de Port Said no Egito está sujeito a uma quarentena sanitária depois de um tripulante ter sido encontrado morto e de dez estarem contagiados com Covid-19.

O navio de carga Heroic, com pavilhão grego, chegou no domingo de manhã ao porto de Kaloi Limenes, sul de Creta e "está sob controlo sanitário, de acordo com responsáveis da Guarda Costeira da Grécia.

"Um marinheiro foi encontrado morto na cabine pelo capitão, provavelmente 'atingido' pela pandemia e um dos mecânicos infetado com Covid-19 foi retirado e hospitalizado na ilha, próximo de Rodes", disse a mesma fonte.

Outros nove tripulantes estão contagiados com SARS-CoV-2, após a realização de testes médicos a bordo do navio.

No total, a tripulação do cargueiro é composta por 21 elementos: 13 cidadãos de origem filipina e oito gregos.

O navio, que tem a Colômbia como destino, vai ter de ficar "alguns dias" ao largo de Creta.

A Grécia, país com 11 milhões de habitantes, e que se prepara a época turística enfrenta nas últimas semanas um "pico pandémico" com "dezenas de mortos por dia" e cerca de 1.500 contágios diários.

A pandemia de Covid-19 provocou, pelo menos, 3.011.975 mortos no mundo, resultantes de mais de 140,6 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de