Negociações entre Rússia e Ucrânia serão retomadas na quarta-feira

Na primeira reunião, a Ucrânia terá exigido um cessar-fogo e a retirada das tropas russas do seu território.

A segunda ronda de negociações entre russos e ucranianos vai acontecer na quarta-feira, avança a agência estatal russa TASS.

A primeira ronda de negociações aconteceu na segunda-feira e durou cerca de cinco horas. Ambas as partes afirmaram ter encontrado pontos de acordo, segundo o chefe da delegação russa, o conselheiro presidencial Vladimir Medinski.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou que a Ucrânia recebeu "alguns sinais" da Rússia durante a negociação, mas ainda não é o resultado que gostaria de ter.

A Rússia lançou na quinta-feira de madrugada uma ofensiva militar na Ucrânia, com forças terrestres e bombardeamento de alvos em várias cidades, que já mataram mais de 350 civis, incluindo crianças, segundo Kiev. A ONU deu conta de mais de 100 mil deslocados e mais de 660 mil refugiados na Polónia, Hungria, Moldova e Roménia.

ACOMPANHE AQUI TUDO SOBRE O CONFLITO ENTRE A RÚSSIA E UCRÂNIA

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de