Nova Iorque dá boas-vindas a 2022 na Times Square apesar de recorde de infeções

Autoridades municipais anunciaram este ano um plano para uma festa de Ano Novo com lotação limitada.

Nova Iorque vai dar as boas-vindas a 2022 na Times Square, tal como planeado, apesar do recorde de infeções por Covid-19 registado na cidade, no Estado e em todo o país, garantiu esta sexta-feira o presidente da Câmara.

"Queremos mostrar ao mundo que estamos a fazer progressos e que Nova Iorque está a lutar para superar isto", disse Bill de Blasio na estação de televisão NBC, na véspera do seu último dia de mandato como mayor da cidade.

Após cancelar os festejos em Times Square há um ano atrás, devido à pandemia, as autoridades municipais anunciaram este ano um plano para uma festa de Ano Novo com lotação limitada e obrigatoriedade de vacinação.

Embora cidades como Atlanta tenham cancelado os seus festejos de fim de ano, Bill de Blasio afirma que a elevada taxa de vacinação contra a Covid-19 em Nova Iorque permite receber uma pequena multidão com máscara e distância social para assistir à queda da bola na Times Square.

"Temos de enviar uma mensagem para o mundo. Nova Iorque está aberta", declarou.

Devido à variante Ómicron, os novos casos de cCovid-19 nos EUA dispararam para os valores mais altos de que há registo, com mais de 265.000 contágios diários, em média.

Nova Iorque reportou, na quarta-feira, um recorde de novos casos confirmados, quase 44.000, de acordo com dados oficiais.

Em todo o Estado, mais de 74.000 pessoas tiveram um teste positivo para a Covid-19 na quarta-feira, dia em que registou, pela segunda vez consecutiva, um recorde de novos casos.

Mais de 1.600 pessoas foram recentemente hospitalizadas em todo o Estado, elevando para mais de 7.300 o número de internados em todo o Estado, num dia em que foram reportadas 76 mortes adicionais.

Bill de Blasio garantiu, no entanto, que a resposta está em "dobrar as vacinas" e frisou que 91% da população adulta de Nova Iorque já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19.

O novo presidente da Câmara de Nova Iorque, Eric Adams, que irá suceder a Bill de Blasio, toma posse precisamente na Times Square, nas primeiras horas de sábado, e afirmou esta sexta-feira que a sua equipa está a trabalhar com a do atual presidente e que planeia manter a maior parte dos planos do seu antecessor.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A PANDEMIA DE COVID-19

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de