Novo balanço aponta para pelo menos cem mortos em explosões na Somália

Ataque aconteceu este sábado, dia em que o Presidente, o primeiro-ministro e outros dirigentes políticos se reuniam para discutir o combate ao extremismo violento.

As explosões de dois carros-bomba na capital da Somália, Mogadíscio, causaram pelo menos 100 mortos e cerca de 300 feridos, lamentou este domingo o Presidente, Hassan Sheikh Mohamud.

O anterior balanço apontava para 30 mortos e 35 feridos.

O ataque, que aconteceu no sábado numa cidade frequentemente visada pelo grupo extremista Al-Shabab, não foi reivindicado.

As explosões ocorreram no dia em que o Presidente, o primeiro-ministro e outros dirigentes políticos se reuniam para discutir o combate ao extremismo violento.

O primeiro-ministro, Hamza Abdi Barre, expressou a determinação do Governo no combate ao Al-Shabab.

O novo ataque deu-se no cruzamento de Zobe, cenário de um outro atentado do grupo extremista, em 2017, que matou mais de 500 pessoas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de