Número de mortos em África sobe para 2.997 em mais de 95 mil casos

Seis países - África do Sul, Argélia, Egito, Marrocos, Nigéria e Gana - concentram cerca de metade das infeções pelo novo coronavírus no continente.

O número de mortos da covid-19 em África subiu esta quinta-feira para os 2.997, com mais de 95 mil infetados em 54 países, segundo as estatísticas mais recentes sobre a pandemia naquele continente.

De acordo com o Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (África CDC), nas últimas 24 horas, o número de mortos subiu de 2.912 para 2.997, enquanto os infetados com o vírus da covid-19 passaram de 91.598 para 95.201.

O número total de doentes recuperados aumentou de 35.808 para 38.075.

O norte de África mantém-se como a região mais afetada pela doença no continente, com 1.496 mortos, tendo ultrapassado hoje os 30 mil infetados (30.149) com a covid-19.

A África Ocidental regista 554 mortos e há 26.154 infeções, enquanto a África Austral contabiliza 359 mortos e 19.432 casos, quase todos concentrados num único país, a África do Sul, que ultrapassou hoje os 18 mil infetados (18.003).

Seis países - África do Sul, Argélia, Egito, Marrocos, Nigéria e Gana - concentram cerca de metade das infeções pelo novo coronavírus no continente e mais de dois terços das mortes associadas à doença.

O Egito é o país com mais mortos (680) e tem 14.229 casos, seguindo-se a Argélia, com 568 mortos e 7.542 infetados.

A África do Sul é o terceiro com mais mortos (339), continuando a ser o país do continente a registar mais casos de covid-19, com 18.003 infetados.

Marrocos totaliza 194 vítimas mortais e 7.133 casos, a Nigéria tem 200 mortos e 6.677 casos, enquanto o Gana tem 31 mortos e 6.269 casos.

Entre os países africanos lusófonos, a Guiné-Bissau é o que tem mais infeções, com 1.089 casos, e regista seis mortos.

Cabo Verde tem 349 infeções e três mortos e São Tomé e Príncipe regista 258 casos e 11 mortos.

Moçambique conta com 156 doentes infetados e Angola tem 58 casos confirmados de covid-19 e três mortos.

A Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), tem 719 casos positivos de infeção e sete mortos, segundo o África CDC.

O primeiro caso de covid-19 em África surgiu no Egito em 14 de fevereiro e a Nigéria foi o primeiro da África subsaariana, em 28 de fevereiro.

Mais de cinco milhões de casos de contágio pelo novo coronavírus foram oficialmente declarados em todo o mundo, sendo que 70% correspondem à Europa e aos Estados Unidos, de acordo com uma contagem da agência France Presse, até às 07h30 desta quinta-feira.

LEIA AQUI TUDO SOBRE A COVID-19

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de