Número de mortos em França aumenta para quase dois mil

Em França há quatro mil pessoas nos cuidados intensivos.

Os números relativos à Covid-19 em França foram atualizados hoje pelo diretor-geral da Saúde, Jérôme Salomon, que indicou que há 29 mil e 155 casos confirmados no país e 1696 mortos, incluindo uma jovem de 16 anos.

Há ainda 13 mil e 904 pessoas internadas nos hospitais devido a esta pandemia e 3375 estão nos cuidados intensivos.

Segundo as autoridades, apenas cerca de 5% dos casos que chegam diariamente às urgências são encaminhados para os cuidados intensivos.

Quanto à jovem de 16 anos que morreu devido à Covid-19 na região parisiense, o diretor-geral da Saúde não adiantou quaisquer detalhes sobre o seu estado de saúde antes de contrair o vírus, sendo a vítima mortal mais jovem em França devido a esta doença.

Esta quinta-feira, a Agência de Saúde Pública em França divulgou que na semana passada foram diagnosticados cerca de 40 mil casos por médicos generalistas que não entram nas estatísticas divulgadas pelo Governo.

"Estamos a fazer um esforço para nos adaptarmos a uma vigilância mais adaptada a esta epidemia e ter uma avaliação real do número de casos", afirmou Jerôme Salomon, recordando que nas suas estatísticas entram apenas os casos confirmados através de teste e não apenas por diagnóstico médico.

O primeiro transporte de pacientes através de comboio de alta velocidade foi realizado hoje com a transferência de 20 pacientes em estado grave da região do Grand Est para diversos hospitais no Vale do Loire, onde há mais disponibilidade nas unidades de cuidados intensivos.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais 480 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 22 mil.

Outras Notícias

Patrocinado

Apoio de

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de