Nuvem de fumo tóxico obriga a cancelar voos e fecha escolas na Austrália

Qualidade do ar no estado de Victoria ​​​​​​está dez vezes pior que o nível considerado saudável.

Dezenas de voos foram já esta quarta-feira cancelados no aeroporto de Melbourne devido à espessa nuvem de fumo, que continua a cobrir a cidade, causada pelos incêndios do estado australiano de Victoria, que continua a cobrir a cidade, a segunda maior do país.

Fonte oficial do aeroporto de Tullamarine disse à agência de notícias australiana AAP que os cancelamentos deverão continuar durante o resto do dia com apenas uma das pistas a funcionar, antecipando-se que demore "vários dias" o regresso à normalidade.

Devido ao fumo dos incêndios ainda ativos no estado, especialmente na zona de Gippsland Leste - onde residentes tiveram hoje novamente que sair das suas casas em alguns locais - a segunda maior cidade da Austrália regista desde terça-feira uma das piores qualidades do ar do planeta.

As autoridades anteciparam que a situação se deva manter pelo menos durante o dia de hoje, obrigando ao fecho de vários locais, como escolas e piscinas, e novamente à suspensão dos treinos para o Open da Austrália.

A situação só deverá melhorar com a chuva, que é esperada ao início da noite, com condições mais frias a ajudarem igualmente no combate aos incêndios.

A situação atmosférica é ainda pior na zona norte do estado, onde está a atingir índices de 600, ou dez vezes o nível considerado saudável.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de

Patrocinado

Apoio de