Epidemia do Covid-19. OMS diz que o mundo está a entrar em "território desconhecido"

Na China, a epidemia está a perder força há vários dias, mas, nas últimas 24 horas, esta tendência sofreu um volte-face, com sete chineses que voltaram de Itália com o vírus. Agora é cada vez mais difícil definir as fronteiras da propagação do Covid-19.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera que o mundo entrou em "território desconhecido", devido ao elevado risco de contágio pelo novo coronavírus na União Europeia e nos Estados Unidos.

Na China, a epidemia está a perder força há vários dias, já que a quarentena de mais de 50 milhões de pessoas provocou um decréscimo na taxa de mortalidade pelo Covid-19 e na quantidade diária de novos infetados. No entanto, nas últimas 24 horas, esta tendência sofreu um volte-face, com sete chineses que voltaram de Itália com o vírus. O risco de recontaminação fez então disparar os alarmes com o temor de que a epidemia possa ser importada.

"Entrámos em território desconhecido", declarou na segunda-feira à noite Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor geral da OMS. O alto responsável da OMS frisou que se trata de um vírus com "transmissão comunitária", ou seja, com a multiplicação de focos do vírus sem que haja necessariamente um vínculo epidemiológico claro com o epicentro da doença.

Tedros Adhanom Ghebreyesus destacou que nas últimas 24 horas as contaminações na China foram nove vezes inferiores às registadas no resto do mundo.

A epidemia superou na segunda-feira a marca de três mil mortes em todo o mundo e encontra-se agora em ritmo acelerado fora da China.

LEIA AQUI TUDO SOBRE O SURTO DE COVID-19

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de