Onda de calor. Incêndios no Canadá deixam militares de prevenção

Vila de Lyton, que registou a temperatura recorde, já foi destruída pelas chamas.

No Canadá, os militares estão de prevenção perante a possibilidade de terem de evacuar milhares de pessoas da província da Colúmbia Britânica. Por causa do tempo quente que, na semana passada, chegou aos 59,6 graus, há mais de uma centena de incêndios ativos.

A vila de Lyton, que registou a temperatura recorde, já foi destruída pelas chamas. Duas pessoas morreram e cerca de 250 tiveram de procurar abrigo em locais mais seguros.

Os bombeiros dizem que, em apenas 15 minutos, a localidade foi engolida pelas chamas. Já na província da Colúmbia Britânica há diversas zonas em risco e, por isso, foram emitidos alertas de evacuação.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de