Opositor russo Navalny está a recuperar "mais depressa do que o esperado"

O advogado foi envenenado com Novichok e está a recuperar num hospital na Alemanha.

A recuperação do líder da oposição russa, Alexei Navalny, após suspeitas de ter sido envenenado, está a decorrer "mais depressa do que o esperado", disse hoje um dos seus assessores.

"Ele está muito melhor, diria até inesperadamente melhor", afirmou o responsável pelo gabinete de Navalny, Leonid Volkov, em declarações à televisão alemã RTL, acrescentando: "Penso que a recuperação está a ser muito mais rápida do que o esperado. Claro que são boas notícias, que nos deixam muito felizes".

Militante anticorrupção e crítico do Kremlin, Alexei Navalny adoeceu gravemente em 20 de agosto a bordo de um avião na Sibéria.

Três laboratórios europeus concluíram que foi envenenado por um agente neurotóxico do tipo Novichok, concebido para fins militares na época soviética. As acusações foram rejeitadas por Moscovo.

O opositor saiu na terça-feira do hospital de Charité em Berlim, onde recebeu tratamento durante um mês. De momento permanece na Alemanha em período de convalescença, com os médicos a admitirem que uma "recuperação total é possível".

"Pessoalmente, não penso que possa acontecer outro ataque em Berlim, mas podemos ver que os seguranças privados têm uma opinião diferente", expressou, garantindo que Navalny "está a ser vigiado de forma rígida".

Volkov frisou que o envenenamento "teve muitas consequências negativas para o Kremlin" e admitiu que a tentativa de assassinato possa ter ocorrido sem a aprovação do Presidente russo, Vladimir Putin.

Navalny pretende regressar à Rússia e retomar o seu trabalho, com Volkov a realçar que "não será tão fácil e muitas coisas vão mudar, para reduzir a probabilidade de um segundo ataque".

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de