Papa Francisco pede à comunidade internacional que ajude a Croácia

Há centenas de casas danificadas e bairros inteiros sem eletricidade.

O Papa Francisco pediu hoje à comunidade internacional que ajude a "aliviar o sofrimento da população" da Croácia, atingida na terça-feira por um terramoto de magnitude 6,2 na Escala de Richter que causou pelo menos sete mortes.

"Sinto-me muito próximo dos feridos e afetados pelo terramoto e dedico as minhas orações àqueles que perderam as suas vidas e às suas famílias. Espero que a comunidade internacional possa ajudar a aliviar o sofrimento da população", disse o Papa Francisco, na última audiência geral de 2020.

Na terça-feira, pelas 12:20 locais (11:20 em Lisboa), um forte sismo de 6,2 graus na escala de Richter atingiu a cidade de Petrinja, cerca de 50 quilómetros a sudeste de Zagreb.

Hoje, Jorge Bergoglio presidiu à última audiência geral do ano e destacou a necessidade de agradecer a vida depois de um ano difícil, marcado pela pandemia.

Da biblioteca do palácio apostólico do Vaticano, o Papa Francisco sublinhou que é fundamental agradecer para dar esperança ao mundo e torná-lo um pouco melhor.

"Ao aproximarmo-nos do final deste ano, não o analisamos apenas através do sofrimento, das dificuldades e das limitações causadas pela pandemia", disse, na saudação aos peregrinos.

"Devemos ver o bem recebido todos os dias, bem como a proximidade e benevolência dos homens, o amor dos nossos entes queridos e a bondade de todos aqueles que nos rodeiam", acrescentou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de