Papa Francisco pede proximidade aos pacientes com doenças raras

O papa argentino salientou a importância das redes de solidariedade com os pacientes e familiares dessas doenças.

O papa Francisco pediu proximidade com aqueles que sofrem de doenças raras, em particular com as crianças doentes, no final da oração dominical do Ângelus na Praça de São Pedro, no Vaticano.

Depois de recordar que este domingo se celebra o Dia Mundial das Doenças Raras e saudar os membros de algumas organizações que atuam neste campo, presentes na Praça de São Pedro, o papa argentino salientou a importância das redes de solidariedade com os pacientes e familiares dessas doenças.

"Eles ajudam a não se sentirem sós, a trocarem experiências e conselhos", disse, antes de pedir proximidade "às famílias e aos doentes, especialmente as crianças".

"Devemos estar ao lado das crianças doentes, das crianças que sofrem, dar-lhes o carinho, a ternura do amor de Deus", acrescentou.

O Dia Mundial das Doenças Raras, que visa tornar a população consciente para estas doenças, é celebrado desde 2008 no último dia do mês de fevereiro.

.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de