Papa Francisco saiu do Vaticano para visita surpresa a loja de música no centro de Roma

O papa, apaixonado por música, era cliente habitual da loja quando estava em Roma, visitando-a enquanto cardeal e arcebispo de Buenos Aires, e não a frequentava desde que foi eleito pontífice.

O papa Francisco saiu esta terça-feira do Vaticano, de surpresa, para visitar uma loja de música, que já conhecia, no centro de Roma e recebeu um disco de música clássica como presente dos proprietários.

O sumo-pontífice católico deixou o Vaticano pelas 20h00 desta terça-feira (19h00 de Lisboa), para visitar a Sterosound, uma das pequenas e históricas lojas de música de Roma, localizada perto do Panteão.

A história foi revelada à agência EFE pelo diretor da televisão Rome Reports, Javier Martínez Brocal, que presenciou a visita por casualidade.

Jorge Bergoglio, apaixonado por música, era habitual cliente desta loja quando estava em Roma, visitando-a enquanto cardeal e arcebispo de Buenos Aires e não a frequentava desde que foi eleito pontífice, a 13 de março de 2013.

Os proprietários da loja, durante um encontro com o papa Francisco, fizeram prometer ao pontífice que este regressaria ao estabelecimento, promessa que foi cumprida esta terça-feira, contaram os donos a Javier Martínez Brocal.

Francisco raramente saiu do Vaticano para tratar de assuntos pessoais e recentemente explicou que o fez em três ocasiões: para visitar uma sobrevivente dos campos de Auschwitz, a escritora Edith Bruck; uma professora, Mara, de 90 anos, que lecionava na Universidade de La Sapienza e para apresentar condolências a uma jornalista italiana amiga, pela morte da sua mãe.

O representante máximo da Igreja Católica foi também visto em duas ocasiões no centro de Roma, quando foi pessoalmente comprar sapatos e óculos, perante os olhares incrédulos dos romanos e turistas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de