Papa recebe Viktor Orbán na primeira viagem após reeleição

O primeiro-ministro húngaro fará uma visita oficial ao Vaticano na quinta-feira, onde será recebido pelo Papa Francisco numa audiência privada.

O primeiro-ministro húngaro, o ultranacionalista Viktor Orbán, terá uma audiência privada com o Papa Francisco no Vaticano na quinta-feira, na sua primeira viagem após nova vitória eleitoral em 3 de abril.

"A minha primeira viagem oficial depois das eleições vai levar-me ao Vaticano, ao Papa Francisco", relatou Orbán na rede social Facebook.

O partido de Orbán, o Fidesz, conquistou a quarta maioria parlamentar consecutiva de dois terços nas eleições de 3 de abril e espera-se que o primeiro-ministro seja reeleito pelo parlamento na primeira sessão da nova legislatura em 2 de maio.

"O primeiro-ministro, Viktor Orbán, fará uma visita oficial ao Vaticano na quinta-feira, onde será recebido pelo Papa Francisco numa audiência privada", disse o assessor de imprensa de Orbán, Bertalan Havasi, à agência MTI.

Há quatro anos, após as eleições de 2018, a primeira viagem de Orbán foi a Varsóvia, onde se encontrou com o seu aliado, o chefe de governo polaco, Mateusz Morawiecki, lembra o jornal digital Telex.hu.

A última vez que Francisco e Orbán se encontraram foi no Congresso Eucarístico Internacional que aconteceu em Budapeste em setembro de 2021.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de