Paz e segurança no Afeganistão? "Slogan dos taliban provou estar errado"

À TSF, um dos assessores de Ahmad Massoud afirma que os taliban ainda não conseguiram controlar os ataques no Afeganistão, colocando em causa as promessas que têm sido feitas por eles.

O grupo que lidera a resistência aos taliban quer saber como os extremistas podem garantir a segurança do Afeganistão se não o conseguem fazer em Cabul.

Numa declaração enviada à TSF, Fahim Dashty, um dos assessores de Ahmad Massoud, cujos homens controlam o vale do Panshir, uma região situada a cerca de 150 quilómetros a nordeste de Cabul, levanta dúvidas sobre as promessas que têm sido feitas pelos taliban.

"Os taliban têm o controlo da maioria do Afeganistão, mas a violência e o banho de sangue ainda não acabaram. Os taliban ainda não conseguiram controlar esses ataques. Isto significa que o slogan dos taliban que promete trazer paz e segurança ao Afeganistão provou estar errado", considera.

Dashty coloca em causa a ligação que os extremistas têm, nesta altura, com os americanos. Durante anos juraram-lhes a morte e garantiram que lutavam contra eles, mas agora fazem-lhes segurança ao aeroporto.

"Os Estados Unidos anunciaram que mesmo depois de se retirarem por completo do Afeganistão vão continuar os ataques contra os grupos terroristas presentes", refere, questionando "como é que os taliban podem responder a isto?"

"Os talibans têm dito que não vão permitir que nenhum grupo terrorista ataque os interesses dos Estados Unidos e dos aliados fora do Afeganistão, apesar de não serem capazes de prevenir esse tipo de ataques em Cabul. Como é que os taliban vão ser capazes de prevenir os ataques a interesses americanos e dos aliados fora do Afeganistão?", acrescenta Fahim Dashty.

Esta segunda-feira fica marcada pelo ataque de rockets contra o aeroporto de Cabul. Os Estados Unidos conseguiram neutralizar a ameaça antes de atingir o local onde estão militares e civis.

O Pentágono garantiu há pouco que apesar de terem evitado os dois últimos ataques - um carro bomba e os rockets -, a ameaça ainda existe. O lançamento dos rockets já foi reivindicado pelo Estado Islâmico no Afeganistão.

Os taliban já disseram que quando todos os americanos saírem do Afeganistão os ataques e atentados vão terminar.

Esta segunda-feira, a Rússia afirmou estar de acordo com a ideia proposta pela França e pelo Reino Unido de criar uma zona de segurança em Cabul para que as operações humanitárias possam continuar.

O porta voz da presidência russa defendeu, no entanto, que primeiro é preciso perceber o que os taliban pensam disso. A proposta vai ser debatida, esta segunda-feira, na reunião do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de