Pedidos de subsídio de desemprego nos EUA atingem menor valor desde início da pandemia

Os números revelados pelo Departamento de Trabalho dos Estados Unidos estão abaixo das previsões.

Os pedidos de subsídio de desemprego nos Estados Unidos atingiram os 1,19 milhões na semana terminada em 01 de agosto, o valor mais baixo desde o início da pandemia de Covid-19, foi divulgado esta quinta-feira.

De acordo com o Departamento de Trabalho dos Estados Unidos, citado pela agência Bloomberg, o número de 1,19 milhões de novos pedidos, menos 249 mil que na semana anterior, está também abaixo das previsões dos analistas, que apontavam para 1,4 milhões de novos pedidos.

O número da semana terminada em 1 de agosto é também o mais baixo desde o início da pandemia de Covid-19.

Já o número de pedidos que continuam ativos baixou em 844 mil pessoas, para 16,1 milhões, na semana terminada em 25 de julho, abaixo das projeções dos analistas da Bloomberg, que apontavam para 16,9 milhões de beneficiários.

A descida nos pedidos continuados foi a mais baixa em quase dois meses, de acordo com a agência financeira norte-americana.

Outras Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de